Recebemos mais informações da Panasonic do Japão sobre alguma características das suas novas TVs com Viera Connect como processador, sistema operacional e estratégia de desenvolvimento de aplicações.

Essa nota complementa uam série de informações preliminares que recebemos ontem e que foram já publicacas no post do anúncio oficial na CES 2011.

Segundo a  empresa, as novas TVs irão manter na sua essência a mesma arquitetura e o mesmo processador de seus antecessores, mas com os devidos upgrades que normalmente são implementados a cada mudança de modelo. A diferença nesse caso é que o novo processador irá ser um pouco mais potente para conseguir rodar os novos jogos em 3D. Mas como já foi dito antes, tanto a TV quanto o tablets ainda são protótipos, de modo que  a empresa ainda não se decidiu pelo modelo a ser adotado fora o fato de que ele será fabricado pela própria Panasonic.

Ela também explicou que sua estratégia de IPTV (Viera Connect) será de usar o mais os recursos de cloud networking do que implementar um chip com  alta capacidade de processamento ou sistema de armazenamento de alta capacidade (como um HD) dentro da TV.

O sistema operacional, a TV continuará a rodar Linux enquanto que o tablet rodará uma versão de Android. E com relação ao desenvolvimento de aplicações a empresa explicou que abriu sua plaforma de desevolvimento de aplicações de modo que qualquer desenvolvedor pode escrever uma aplicação para o Viera Connect.

Além isso durate o CES a empresa está introduzindo sua RUI (Remote User Interface) baseada em JavaScript batizada de AJAX-CE (Asynchronous JavaScript + XML CE), uma espécie de agente ativo que permitirá que conteúdos e serviços dos MSOs (multiple system operators – como operadores de TV) possam ser distribuídos para outros dispositivos domésticos ligados na rede da casa.

Capisce?

(Thanks Maeda-san!)